Dojo

"Un Dojo n'est pas seulement un endroit. Un Dojo c'est aussi des gens avec des coeurs.
Um Dojo não é apenas um local. Um Dojo são as pessoas e os corações que ali existem."

Stéphane Goffin

O que é?

O responsável de um Dojo deve ser um homem do ‘caminho’ (Do). Ele deve estar em total harmonia com a missão que sua escolha lhe confiou. Dessa forma, ele contribui para a transmissão da mensagem espiritual de amor e de conhecimento que o Budo representa. Sua mensagem não tem fronteiras; o amor que engendra a não-violência não tem limites nem horizontes, vai para além das palavras e das diferenças culturais. Porque o Do faz desaparecer todas as separações.

O Dojo é sobretudo uma filiação espiritual que deve permitir aos praticantes permanecer para uma dimensão interior que cada um traz em si mesmo. É uma ponte entre o Oriente e o Ocidente e é isto que faz sua universalidade.

A via é um oceano infinito onde cada um, a seu nível e em função da sua procura e da sua capacidade de receber, pode beber dessa fonte inesgotável.

O verdadeiro combate que travamos aqui, e esquecemos frequentemente, é o combate contra si mesmo. O nosso ego, essa entidade psíquica, é o primeiro inimigo a ser vencido; ele é o freio principal que nos impede de realizar o conhecimento de nós mesmos. Vivemos, por vezes, separados do mundo: é o sentimento do ‘eu’ no sentido mais restrito do tempo que ocupa todo o nosso campo da consciência e achamos que essa é a nossa verdadeira identidade.

A prática deve ensinar-nos a ultrapassar a técnica e dar-lhe um valor relativo. Ela deve ser orientada em direção ao conhecimento de nós próprios, a fim de nos reajustarmos e dirigirmo-nos, mais firmemente, ao nosso ser interior. Aprender a vencer os medos que nos mantêm no mundo das ilusões, para encontrar um verdadeiro sentimento de confiança e de abandono.

Um mestre contou a seguinte história:

“Havia um cão que tentava beber num lago. Ao aproximar-se da água ele via o seu reflexo e esta visão fazia-o fugir. Mas ele voltava e, de cada vez que estava quase a beber, via um cão que lhe saltava para cima e fugia de novo. Mas a sua sede era tão grande que acabou por se atirar à água. E bebeu a água, descobrindo que este medo terrível não era mais do que o fantasma do seu próprio ego, apenas uma imagem dele mesmo.”

Está barreira que nos separa de nós próprios é o obstáculo que devemos superar. Esse obstáculo, ainda que ilusório, é eficaz e perigoso porque nos impede de beber a água da nossa própria fonte interior.

Budo é, antes de tudo, a realidade que nos coloca na Energia da confiança. O caminho do rigor e da beleza; a Via conduz-nos à Realização.

Portanto, o Dojo é o Alto lugar da transformação de si próprio. Não é um lugar onde se prega uma doutrina; é um lugar onde existe um estado de Ser.

“O canto da floresta depende da alma do vento.”

A Escolha do Nome

Simbolicamente, o termo japonês Munen Mushin possui um significado extremamente importante para o mundo moderno, um dos valores que infelizmente está desaparecendo a cada dia dentro de nossa sociedade.

MU: Vazio
SHIN: Espírito

Mushin, representa um dos princípios do guerreiro samurai no Budo retratando um estado de espírito sem medo, distrações, raiva ou ansiedade.

Desta forma, desenvolvemos a capacidade de acalmar a mente, perceber o que ocorre em volta e nos organizarmos para tomar decisões e agir corretamente.

NEN: Pensamento

Munen é um estado mental em que não nos deixamos conduzir influenciado por desejos. Um estado de espírito que passa por transformações constantes de aprendizado.

Finalmente, o ideograma Munen Mushin pode ser traduzido como uma mente vazia, não no sentido da ausência de conteúdo, mas neutra, sem ego e não julgadora, aberta a novos aprendizados.

Redes Sociais

Estamos presentes em diversos meios digitais para trazer conteúdo de alta qualidade para os praticantes de diversas artes do movimento que potencializam o desenvolvimento humano.

© 2021 Munen Mushin Dojo